Javascript Menu by Deluxe-Menu.com
Dürr Brasil Ltda.
Vista geral

Xondo 020, Xondo 050, Xondo 200,
Xondo 400 (automáticas)

Máquinas industriais para o balanceamento de eixos turbina

  • Processamento digital dos dados medidos e correção do desbalanceamento numericamente controlada
  • Interfaceamento com portais de alimentação (gantry) e transportadores comerciais
  • Fácil troca de tipo de rotores
  • Curtos tempos de ciclo
  • Layout extremamente compacto
  • De fácil realocação, composta de um único bloco

Área de aplicação

Medição e correção do desbalanceamento dinâmico em eixos turbina de turbocompressores usinados. Utilização em volumes médios e grandes de produção. Medição totalmente automática do desbalanceamento e correção através de esmerilhamento em dois planos em múltiplos passos de correção. Alimentação e descarga através de portal.

Projeto

Máquina de múltiplas estações com estações de medição e correção e ciclo de funcionamento totalmente automático. Unidade de balanceamento vertical com estrutura otimizado contra vibração, mancais de ar intercambiáveis de precisão para a turbina, acionados por uma placa especial com jatos de ar adaptadas ao diâmetro do rotor.
Processamento digital dos dados medidos pela unidade de medição tipo CAB 950.
Estação de correção com duas unidades de processamento de controle digital para o esmerilhamento polar no nariz e na face externa do rotor.
Sistema de alimentação por portal para interligação das estações e conexão ao transportador de entrada e saída.


Sequência de operações

  • A peça é retirada do transportador e colocada na máquina
  • Corrida automática de medição. Cálculo e transferência dos valores medidos para a estação de correção, frenagem até a parada do rotor
  • Retirada do rotor da estação de medição e alimentação na estação de correção
  • Correção automática: travamento, posicionamento no local de correção do 1o plano, esmerilhamento controlado de um setor. Posicionamento no local de correção do 2o plano, novo processo de esmerilhamento e liberação da peça
  • Transferência do rotor para a estação de medição e início da corrida de controle. Caso o rotor não esteja em tolerância após o primeiro passo de correção, novos passos de correção podem ser realizados
  • Retirada da pela e depósito desta no transportador de saída.
Maiores informações
Planta orientativa
1 Transportador 2 Sistema interno de portal (gantry) 3 Estação de medição 4 Estação de correção 5 Ármario elétrico 6 Aspirador 7/8 Porta de manutenção (extraído de R146 359.101)
Contato

Carlos Kunze

Telefone
+55 11 5633-3628
Email

Adicionar a lista de produtos selecionados

Utilização de cookies
Os cookies permitem a prestação otimizada dos nossos serviços. Através da utilização das nossas páginas e serviços declara que está de acordo com a nossa utilização de cookies.
Ligação para a Política de privacidade da Schenck RoTec

OK